Trailer é alegria de casal em CGR que agora vende plantas de porta em porta - Caarapó Online

Caarapó - MS, quarta-feira, 30 de setembro de 2020


Trailer é alegria de casal em CGR que agora vende plantas de porta em porta

Com tanta gente apaixonada por plantas durante a pandemia, casal tem feito sucesso ao passar por bairros da cidade.

Publicado em: 27/07/2020 às 08h25

Thailla Torres

Sabe aquela cena da criançada correndo no bairro quando o tiozinho do carrinho de picolé passa buzinando? Pois é, até se parece a chegada do casal Antonio e Cristina Maziero quando estacionam em algum canto da cidade. Enlouquecidos por plantas, o casal agora vive com trailer de um lado para o outro levando as plantas verdinhas ou floridas até os clientes e deixando muito morador apaixonado.

No último fim de semana os encontrei no Bairro Santa Luzia. Nos primeiros 10 minutos a vizinhança apareceu. Muita gente levou flores e suculentas para casa, inclusive é a plantinha sensação do momento e o carro-chefe do trailer Emporium das Flores.

A variedade de espécies e vasinhos coloridos pintados à mão por Cristina que também é professora encantam até as crianças. O bacana é que o casal simpático não resume o trabalho à venda. A cada parada há uma consultoria se alguém tiver dúvidas de como se cultiva cada uma das plantas. O casal ainda replanta tudo na hora se o cliente adquirir um vaso novo e quiser deixar a casa ainda mais decorada.


“É nossa fonte de renda e nossa paixão. As plantas trazem uma energia positiva na vida de todo mundo, então, por onde a gente passa, as pessoas se encantam”, conta Cristina.

O casal sempre trabalhou com artesanatos, mas, há nove anos as plantinhas viraram fonte de renda. Especialmente Antonio, sempre vendeu mudas em uma feira da cidade, ficou conhecido pelas orquídeas e variedade de plantas para área externa e interna. Mas o cansaço com a rotina de montar e desmontar barraca fez com que os filhos incentivassem os pais a investir em veículo adaptado para levar as plantas a qualquer lugar cidade com um pouco mais de praticidade.

“Foi então que encontramos uma pessoa em Jardim e conseguimos comprar esse carrinho chamamos de trailer”, explica Cristina. Não é sempre que o casal leva toda a estrutura para a casa do cliente. “Às vezes, levo só o necessário mesmo dentro do carro de passeio, mas quando sei que haverão outros vizinhos, a gente vem com o kit completo”, explica a professora.