Pedagoga é nomeada reitora da UFGD, pró-tempore - Caarapó Online

Caarapó - MS, sábado, 20 de julho de 2019


Pedagoga é nomeada reitora da UFGD, pró-tempore

Pedagoga é nomeada reitora da UFGD; lista tríplice foi ignorada por Ministro, até que se defina a nova administração pelos próximos quatro anos

Publicado em: 13/06/2019 às 05h28

Redação

O ministro da Educação Abraham Weintraub assinou um decreto nomeando a pedagoga Mirlene Ferreira Macedo Damázio como reitora pro tempore (temporária) da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), ela é professora do curso de Pedagogia, mas não participou da consulta prévia feita neste ano entre professores, administrativos e acadêmicos da universidade, nem colocou seu nome à disposição do Colégio Eleitoral para elaboração da lista tríplice.

A lista composta pelos professores Etienne Biasotto, Jones Dari Goettert e Antônio Dari Ramos, foi enviada a Brasília em março, mas em seguida devolvida pelo Ministério da Educação, que apontou irregularidade na definição dos nomes.

De acordo com o site Campo Grande News embora tenha trabalhado na gestão da atual reitora Liane Calarge, a professora Mirlene Damázio apoiou a chapa de oposição UFGD em Ação, liderada pelo professor Joelson Pereira ligado ao PSL, que ficou em terceiro lugar na consulta prévia, com 18,66% dos votos.

Apesar de ser comum acatar as sugestões das universidades, por lei, o governo federal não é obrigado a seguir as indicações feitas e pode nomear como reitor qualquer professor-doutor do magistério federal, inclusive de outra instituição do mesmo nível.


Um dos objetivos da paralisação de professores e estudantes na sexta-feira (14.06), é a indicação da atual reitora pró-tempore, associado ao movimento está a lista de rescursos destinados a UFGD, que foram cortados.