Governo reduz custos de repasses para obras públicas - Caarapó Online

Caarapó - MS, quarta-feira, 20 de novembro de 2019


Governo reduz custos de repasses para obras públicas

Medida diminui a taxa de administração e descomplica a forma de controle de gastos, com economia de até R$ 186 milhões por ano

Publicado em: 16/10/2019 às 08h12

Redação

O governo federal desburocratizou e reduziu os custos dos repasses para obras públicas executadas em estados e municípios. A Portaria nº 558/2019, publicada no Diário Oficial da União da última sexta-feira (11.10), simplifica e automatiza uma série de etapas na execução dos recursos que os estados e municípios recebem da União para a realização das obras.

A perspectiva é que, com essa medida, a tarifa de administração paga às Mandatárias da União – instituições financeiras que atuam na fiscalização das obras e na gestão dos contratos – seja reduzida de um teto de 11,7% para no máximo 4,5% dos recursos repassados via convênio ou contrato. Com isso, a economia gerada será de R$ 186 milhões por ano.

Em relação aos procedimentos, o controle de gastos será simplificado: ao invés de se checar item por item adquirido pelas construtoras, a fiscalização será realizada com base no metro quadrado de um conjunto de itens, como por exemplo uma parede. Isso porque já existe um referencial que pode balizar esses valores.

“Este é um exemplo do uso das informações e tecnologias disponíveis a favor da eficiência da administração pública”, afirma o secretário de Gestão do Ministério da Economia Cristiano Heckert. “Nosso trabalho é desburocratizar e reduzir os custos da máquina pública, sem perder a transparência e integridade dos dados e processos. Hoje conseguimos isso graças às evoluções implementadas na Plataforma +Brasil, construídas de forma colaborativa com apoio dos municípios, estados, órgãos de controle e organizações da sociedade civil parceiras da Rede +Brasil”, ressalta.

Várias inovações estão relacionadas ao aprimoramento da Plataforma +Brasil, ferramenta integrada e centralizada que reúne os dados de repasses de recursos da União. No caso da comprovação do andamento das obras, por exemplo, a prestação de contas será realizada por meio de fotos georreferenciadas a partir de um aplicativo de celular. Qualquer pessoa tem a possibilidade de fiscalizar, de acompanhar a situação das obras públicas em seu município.