Terça-feira, 20 de outubro de 2020

Cometa que surge a cada 6,8 mil anos poderá ser visto em MS

Veja algumas fotos incríveis feitas do fenômeno no hemisfério norte, pois em MS poderá ser visto depois do dia 26 de julho

Publicado em: 22/07/2020 às 06h58


Sabia que você pode ver um fenômeno raro nos céus de Mato Grosso do Sul? Está previsto para a partir do dia 26 de julho (domingo) ser possível avistar o cometa Neowise, que passa a cada 6.765 anos pela órbita terrestre.


Assim, a descoberta foi feita em março pela NASA (Agência Espacial Norte-Americana). No hemisfério norte, o fenômeno tem causado um verdadeiro espetáculo, além de fotos incríveis. (Veja no fim da reportagem).

Então, no Brasil, as chances de ver o cometa são boas, segundo o astrofísico e pesquisador da USP (Universidade de São Paulo), André Zamorano Vitorelli. “O cometa C/2020 F3 NEOWISE deve ficar visível no norte e nordeste do país a partir do dia 23, e em todo o país a partir do dia 26”.

Apesar de ter uma data, a visualização depende das condições climáticas favoráveis. E, outro fator é se você morar em cidade grande, com muita interferência de luzes. Neste caso, a melhor chance de observar o Neowise é com um telescópio.

Então, esta é uma chance única de ver o Neowise com seus próprios olhos, pois a sua órbita ao redor do sol leva aproximadamente 6.765 anos para se completar.

No dia 23 de julho o cometa estará na sua aproximação máxima da Terra, a 103 milhões de quilômetros de distância. O cometa continuará visível em agosto apenas por telescópio.