Domingo, 3 de julho de 2022

Dourados (MS) atrasou vacinação, porém a capital vacinou quase 900 crianças

Dourados atrasa vacinação infantil enquanto a capital já vacinou quase 900 crianças

Publicado em: 18/01/2022 às 07h16


“Na luta contra a Covid-19 cada segundo importa. Atrasar a vacinação é se aliar ao vírus e arriscar a vida das crianças!”, alertou o secretário Geraldo Resende. O secretário de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul, Geraldo Resende, foi às redes sociais na segunda-feira (17.01) para cobrar prefeituras de 20 municípios do Estado sobre o atraso do início da vacinação contra a Covid-19 de crianças entre 5 e 11 anos de idade.

“Indignado! 20 municípios de MS, entre eles Dourados, maior do interior, não iniciaram a vacinação infantil no sábado. Não buscaram as doses na sexta-feira. Na luta contra a Covid-19 cada segundo importa. Atrasar a vacinação é se aliar ao vírus e arriscar a vida das crianças!”, escreveu Resende.

Segundo o secretário, a equipe da Secretaria de Estado de Saúde se mobilizou na noite de sexta-feira (14.01) para agilizar a entrega dos lotes para as cidades do interior. “Alguns dos nossos gestores municipais não se organizaram para buscar as doses no mesmo dia”, afirmou.

O secretário ainda criticou o atraso da vacinação nessas cidades, que poderia ter ocorrido já no final de semana, entre sábado (15.01) e domingo (16.01).

“Na luta contra a Covid-19, cada segundo é importante. Atrasar a vacinação é se aliar ao vírus e arriscar a vida das nossas crianças!”, finalizou. A vacinação infantil de crianças entre 5 e 11 anos deve iniciar nesta semana, mas ainda sem data e horário definidos.

Campo Grande se aproxima de mil crianças vacinadas

Já a capital, Campo Grande, vacinou 555 crianças no sábado e 338 no domingo com a primeira dose do imunizante contra a Covid-19, totalizando 893 segundo dados da secretaria municipal de Saúde.